3 de dezembro de 2020

Fim de ano aquece mercado de aluguel por temporada

Modalidade de hospedagem está sendo preferência entre os turistas, nesta pandemia

Por Porllanne Santos

 

O paraíso das águas se prepara, mais uma vez, para receber os turistas no final do ano. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH/AL), Maceió está com 85% de ocupação de seus hotéis para o réveillon, o que demonstra o potencial turístico da capital alagoana, mesmo diante do cenário de pandemia.

O aquecimento do turismo está trazendo à tona uma modalidade de hospedagem que, embora nova aqui no estado, tem se tornado cada vez mais comum e procurada. É o aluguel por temporada, que ganhou uma nova cara ao adotar o sistema BnB (Bed and Breakfast), bastante popular mundialmente, com a chegada do AirBnb.

Em Maceió, esta modalidade de hospedagem já supera a convencional de hotéis e pousadas. Quem confirma esta informação é Rony Pradela, sócio de uma administradora de imóveis especializada em aluguéis por temporada, que atua no primeiro imóvel do estado construído com esta finalidade: o Edifício Time.

“Nós administramos setenta unidades do Time e, até este início do mês, já estamos com 93% das unidades ocupadas para o fim de ano. A expectativa é que com a proximidade dos festejos de final de ano já não haja unidades disponíveis”, disse.

E a tendência é que este modelo de hospedagem continue crescendo com a pandemia do novo coronavírus.  É o que revela uma pesquisa realizada pelo próprio AirBnB, que mostra as diferenças comportamentais dos turistas. De acordo com a pesquisa, os turistas estão preferindo o aluguel de imóveis inteiros, em que não precisem dividir o espaço com outros hóspedes ou com os anfitriões. Além disso, as opções mais procuradas são destinos mais próximos de casa e estadias mais curtas.

“Desde setembro nós começamos a perceber o aumento significativo de interesse dos turistas por apartamentos com toda a estrutura hoteleira, porém sem estar num hotel. Isso garante que eles possam viajar sem se expor, mantendo a privacidade num espaço onde eles podem tomar precauções a mais para se proteger”, explicou Pradela.

TIME

Situado numa das áreas mais nobres da Ponta Verde o Time foi o primeiro empreendimento imobiliário do estado voltado para investidores deste setor. O edifício fica a 200 metros da praia e possui 277 unidades, nas modalidades studio e quarto-sala, se destacando pela ousadia na arquitetura –  são 15 pavimentos,  com a área de lazer e conveniência, com 950m², localizada no 11º andar. A área conta com piscina de borda infinita e com duas hidromassagens, bar molhado, salão de jogos, sauna, ofurô, salão gourmet, espaço fitness, etc.

O empreendimento ainda oferece serviço de massagem e camareira, wiffi e autosserviço de lavanderia, tudo para que o morador/hóspede encontre o que precisa sem precisar sair do edifício.

Hugo Dâmaso, diretor da Colil Construções, que idealizou e executou o Time, explica como foi dar esse passo ousado no setor imobiliário aqui em Alagoas. “Há seis anos, quando começamos a pensar no Time, sentimos que o modelo de investimento como Airbnb estava crescendo muito no mundo todo e resolvemos criar um empreendimento nesta pegada, oferecendo luxo e comodidade num só lugar”.

 

3 de dezembro de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *